5 de março de 2010

Cura Divina

Por Alexandre Pitante

Introdução
              Os movimentos de cura hoje em dia criam muita confusão na mente do povo de Deus. É copo com água em cima do rádio, peça de roupa que se lava ao culto ou reunião que se vai, igrejas vendendo rosa do amor, sal para prosperidade,óleo ungido, e tantas outras besteiras que vemos por ai, enfim, é tanto SOFISMAS por parte de igrejolas por ai, que estão fazendo com que o povo de Deus no geral acreditem que essas coisas estão certas, quando na verdade estão fora da realidade bíblica. A Bíblia está cheia de exemplos de cura. Como entender o assunto? A única maneira é um exame criterioso da Palavra de Deus.
1. A CURA DIVINA NO NOVO TESTAMENTO
a. O objetivo era provar que Cristo era o Filho de Deus (João 2.11; João 11.42; João 14.11; João 20.30,31)
b. Jesus não deu ênfase às curas que fazia (Marcos 5.37-40,42; 7.24,25-30; 7.32-36; 8.22-26)
c. Jesus não curou todos os doentes que encontrou (João 5.1-3-9)
d. Todas as doenças que Jesus curou eram casos graves, incuráveis (João 5.5; Marc. 9.20-22). O caso mais simples, talvez, tenha sido o da sogra de Pedro, que estava com febre (Mat. 8.14-17), mas não se sabe qual era a doença.
e. E. As curas eram feitas com absoluta perfeição e imediatamente (Mateus 8.1-3; 8.14,15; 9.1-6-7; Atos .2-9; 9.32-34)
f. Além dos 70 (Luc. 10.9), que receberam ordem para curar os enfermos, e de Filipe (Atos 8), ninguém mais aparece fazendo cura, a não ser os apóstolos, incluindo Paulo (Atos 2.43; 9.36,68,39,42)

2. O DOM DE CURAR NO NOVO TESTAMENTO
a. 1 Cor. 12.9 fala do dons de curar (no plural) por causa da multiforme graça de Deus
b. Tiago já fala diferente: Tiago 5.14,15 - Oração da fé, com aplicação de remédio (unção com óleo).
c. Paulo não fez sempre uso desse dom: 1 Tim. 5.23; 2 Tim. 4.20.

3. O USO DE REMÉDIO NA BÍBLIA
a. Isaías 38.21 x 2 Reis 4.38-41 - exemplos de uso de remédio.
b. Jesus apoiou: Mat. 9.12
c. Jesus recomendou remédio na parábola do Bom Samaritano: Luc. 10.34.
d. Paulo recomendou remédio para Timóteo: 1 Tim. 5.23.
e. Paulo tratava com dignidade o médico Lucas: Col. 4.14.
f. Unção com óleo: remédio - Is. 1.6; Marc. 6.13; Luc.10.34; Tiago 5.14.

4. OS ATUAIS MOVIMENTOS DE CURA
a. Não necessitamos de provar a veracidade de Cristo.
b. Jesus condenou a busca de sinais: Mat. 12.38; João 2.24,25.
c. Bem aventurados os que não viram e creram: João 20.29
d. 4. Os que cuidam de curas hoje, não se importam com a pregação do Evangelho de salvação.
e. Se algo acontece, realmente, está dentro das profecias: Mat.7.15-23.

CONCLUSÃO
 Deus cura ainda hoje? Sim, cura. Mas ninguém está autorizado a fazer movimentos de cura. Movimentos de Cura são algumas denominações que apareceram no contexto evangélico nos ultímos tempos pregando um Evangelho do Sal Grosso é como se tivessem vendendo indulgencias para as pessoas alcançarem a benção de Deus, um evangelho que não tem compromisso real com a Palavra, que não aceita que pessoas crentes e dizimistas passem por dificuldades, por enfermidades, por problemas financeiros então... Ai colocam Deus na parede como se Ele fosse obrigado a nos atender, esse tipo de Evangelho vive de mercadejar a palavra de Deus(2 Co 2.17).
Qualquer servo de Deus pode orar por sua doença ou chamar o pastor de sua igreja ou pedir a igreja que ore por ele. Se for da vontade de Deus, a pessoa será curada.

Jesus não morreu na cruz para que eu tenha uma BMW na minha garagem e nem muito menos uma conta bancária recheada, Ele morreu na cruz para que eu fosse salvo. Com a graça de Deus temos que desmascarar a Teologia da Prosperidade e esse Evangelho do Sal Grosso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails