27 de abril de 2010

Igreja na China tem crescimento acelerado

Por Rodrigo Ribeiro Rodrigues
A Igreja chinesa é uma das que crescem mais rapidamente no mundo.

Na 13ª posição da Classificação de países por perseguição, a China é o terceiro maior país do mundo e possui a maior população do planeta. A Igreja chinesa é uma das que crescem mais rapidamente no mundo. Hoje, aproximadamente 80 milhões de protestantes e católicos formam a Igreja deste país de 1,3 bilhões de habitantes. Enquanto não há dados quanto ao crescimento das igrejas não-registradas, o número de congregações de igrejas protestantes registradas aumenta entre 500 a 600 mil a cada ano. O número de reuniões dos fieis ultrapassa a marca dos 15 milhões, e eles se reúnem em mais de 50 mil igrejas e outros lugares de culto.

Estima-se que 50 milhões de cristãos chineses ainda esperam por sua primeira Bíblia e, sem a posse de sua própria cópia das Escrituras, muitos são presas fáceis de heresias e falsos ensinamentos. Não falta entusiasmo aos evangelistas, mas a maioria é mal treinada e pouco equipada. Além disso, há conflitos entre os líderes cristãos. Acredita-se que atualmente a pior tentação enfrentada pela Igreja chinesa seja o materialismo, particularmente dentro do contexto da explosão econômica do país.

Teoricamente, os cristãos chineses têm direito à liberdade religiosa, mas o espaço para evangelização é limitado. Os cristãos não podem se reunir em templos não-registrados e tampouco evangelizar publicamente.

A perseguição ao cristianismo abrange desde multas e confisco de Bíblias até destruição de templos. Evangelistas são detidos, interrogados, aprisionados e torturados. Além da perseguição governamental, as tentativas de evangelizar muçulmanos no extremo noroeste do território chinês têm enfrentado resistência e alguns ataques.

Motivos de oração

1. Louve a Deus pelo assombroso crescimento da Igreja. Ore para que a perseguição seja atenuada, para que materiais de treinamento sejam desenvolvidos e para que as Bíblias tornem-se cada vez mais acessíveis, impedindo assim o avanço de heresias.

2. Os líderes cristãos chineses sofrem muito pelo evangelho. Ore pelos milhares de evangelistas e pastores chineses que enfrentam noites de insônia, separação de suas famílias, reuniões secretas e risco de prisão a fim de pastorear seus rebanhos. Muitos têm treinamento insuficiente e poucos recursos, mas ainda assim viajam constantemente para compartilhar o que sabem.

3. O crescimento econômico chinês é visto como um grande desafio para a Igreja. Os cristãos chineses julgam que a perseguição é uma bênção. A principal preocupação dos pastores é o efeito que o materialismo decorrente da crescente economia chinesa pode provocar nos cristãos.

4. Muitos pastores têm sido enviados a campos de trabalho. A comida é ruim e o trabalho é muito pesado, porém muitos são capazes de pregar e formar igrejas dentro dos campos. Alguns o fazem de forma tão eficiente que são até confinados na solitária para evitar que preguem o evangelho.

5. A Igreja sofre com a grande falta de unidade. Muitos líderes das igrejas registradas e das não-registradas têm medo e desconfiança entre si. Alguns acusam o Movimento Patriótico das Três Autonomias de traição, enquanto seus líderes acreditam que as igrejas não-registradas estão em pecado por agir contra o governo. Ore para que estas divisões entre os líderes sejam eliminadas e haja reconciliação entre eles.

6. A China sofre com a falta de recursos para a evangelização. Louve a Deus pelas muitas ferramentas de evangelismo que são levadas ao país todos os anos. Materiais impressos e vídeos resultam em inúmeros novos convertidos por cópia distribuída. Ore para que a quantidade de materiais levados ao país aumente.

Religião na China

A religião dos primeiros chineses é politeísta, com divindades da natureza e culto aos antepassados. Porém a China apresenta uma cultura diversificada, impondo vários costumes tradicionais como aos casais obterem mais filhos de preferência homens com o direito ao trono divino.

O Confucionismo e o Taoísmo são consideradas religiões chinesas, mas ambas as crenças começaram como filosofias, do mesmo modo que os sucessores, não deu importância aos deuses e se voltou para a ação. Os taoístas apropriaram-se das crenças populares chinesas e da estrutura do Budismo. Como consequência, surgiu uma corrente separada do "taoísmo religioso", diferente do "taoísmo filosófico" que se associava aos antigos pensadores chineses Lao-Tsé e Zuang-Zi.

O Budismo chegou à China pela primeira vez durante o final da dinastia Han, arraigou-se rapidamente e muitos templos foram construídos. e a maior parte dos templos e das igrejas foram reorganizadas para usos seculares. A Constituição de 1978 restaurou algumas liberdades religiosas, por isso, actualmente, existem grupos budistas e cristãos ativos na China. Mas, estes grupos são ainda fortemente supervisionados pelo Estado chinês, mais concretamente pelas Associações Patrióticas (ex: Associação Patriótica Católica Chinesa). É ilegal ser membro de Igrejas ou de grupos religiosos que não são controlados por estas Associações Patrióticas.

Presença do Islã

De acordo com as pesquisas realizadas em 2006, estima-se que 1,5% da população chinesa seja muçulmana, o que aproximadamente seria na casa dos 31 milhões.

Presença do Cristianismo

Segundo o governo chinês há 21 milhões de cristãos no país, sendo 16 milhões de protestantes e cinco milhões de católicos. O grupo China Aid Association revelou que o diretor do órgão do governo chinês que supervisiona todas as religiões no país declarou "em off" que o número de cristãos na China era de fato 130 milhões no início de 2008.

Fonte: O Galileo e Missões Portas Abertas

Com Comentários de Rodrigo Ribeiro Rodrigues do Portal o Galileo.

4 comentários:

  1. Olá obrigado pela visitinha,parabéns pelo seu blog é uma benção.
    http://marcoserobertagarccia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Isso já é o prenúncio de muitas orações respondidas.
    Existem várias denúncias a perseguição aos cristãos na China, mas espero que com esse crescer do Evangelho comece também a produzir frutos dignos de arrependimento, e cada vez mais pessoas possam ser "livres", entenda-se para louvar o Todo Poderoso!

    ResponderExcluir
  3. Meu querido irmão, a paz ... muito obrigado pelo seu comentario no meu blog, eu estou em um período sabático, mas devo voltar a escrever em breve , teu blog é muito bom e informativo tb.

    OBS: eu trabalho com importação e via skype eu converso com uma menina chinesa, acredite ela só pensa em trabalhar, desconhece a palavra lazer e descanso, sera que todos na China são assim ??, ela ficou de boca aberta ao saber que eu iria tirar 30 dias de férias e que durante o resto do ano ainda teria os feriados rsrsrsr.
    Por fim grande parte deles são ateus tb, entro pouco nesse assunto com eles até porque estou no trabalho, mas da para ver que eles crêem no que podem tocar.

    ResponderExcluir
  4. fico feliz de saber que a igreja do Senhor cresce na china,
    fico feliz por seguir meu blog.

    tenho uma pergunta como o irmão conseguiu colocar o menu horizontal no seu blog?

    parabens Deus seja contigo.
    amém.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails