31 de maio de 2010

Padres pedófilos vão danar no inferno, diz Vaticano

Grupos de estudantes e seminaristas das universidades católicas de Roma participaram neste sábado (29), na Basílica de São Pedro, no Vaticano, de uma manhã de rezas por causa dos escândalos de pedofilia que abalam a Igreja Católica.


O reverendo Charles Scicluna, responsável pelas investigações do Vaticano sobre acusações de molestamento de crianças porpadres católicos, disse que os culpados "sofrerão uma condenação no inferno que seria pior do que a pena de morte".

Durante missa especial pelas vítimas de abusos realizada neste sábado na Basílica de São Pedro, em Roma, Scicluna citou o papa Gregório, o Grande, autor de boa parte das normas de conduta dos membros da Igreja Católica, e afirmou que, no caso de um padre pedófilo, "seria melhor que seus atos causem sua morte pelas leis seculares do que sofrer uma condenação mais terrível no inferno".

Para o religioso, as crianças são "um ícone sagrado". Ele citou o Evangelho de Marcos ao dizer que os culpados de abusos contra crianças "fariam melhor se amarrassem uma pedra ao pescoço e se atirassem no mar". "Não façam das crianças o objeto de sua cobiça impura", exortou Scicluna.

Fonte: O Galileo

Um comentário:

  1. Espero que esta decisão não seja mais uma daquelas que o Vaticano anuncia pra fazer média com a Mídia, e amenizar o fervor do escândalo. Obrigado por postar esta notícia! Pr Ewerton B. Tokashiki

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails