13 de maio de 2010

A Paz De Deus e o Deus da Paz - Fp 4.4-9

O apóstolo Paulo está convocando o crente a viver uma vida de alegria. Essa alegria está baseada no Senhor Jesus Cristo e não nas circunstâncias sujeitas as bruscas mudanças.


Alegrai-vos sempre é a torrente daquela qualidade de paz que só pode provir de Deus.
Encontramos a Paz Verdadeira Somente no Senhor Jesus Cristo.


Mas como deve ser manifestada essa paz verdadeira em nossas vidas?


Essa paz se demonstra através de dois aspectos essenciais que devemos ter em mente:


I. A Paz de Deus (vs.5-7)


1) Ela Extravasa para Todos os Homens (v.5)


Moderação: evitar exageros ou excessos, ser prudente; ser razoável nas opiniões e julgamentos. Confiando em Deus a respeito de tudo.


A moderação do crente deve ser evidente para com todos os homens, tanto para com os próprios crentes, como para os descrentes, principalmente. Este vendo o seu modo de vida piedoso, pode identificar a diferença na vida de quem serve a Cristo.


É vergonhoso verificar que falta moderação na vida de muitos dos crentes de hoje.


Um homem só poderá levar paz a outro, quando estiver em paz consigo mesmo e quando tiver muita paz dentro de si.


O apóstolo Paulo nos lembra que a vinda do Senhor está próxima. Isso significa que o Senhor Jesus Cristo logo julgará com perfeita equidade as pessoas iníquas deste mundo. Por isso não é necessário tentar nos vingar contra aqueles que nos trataram com injustiça.


2) Ela provém das Inesgotáveis Fontes da Paz de Deus (v.6)


O temor e a ansiedade se dissipam quando tornamos real dentro de nós a presença de Cristo.


Não andeis ansiosos de coisa alguma. Neste ponto Paulo era um verdadeiro exemplo. Mesmo enfrentando a morte dum mártir (cf. 1.20), ele não estava preocupado.


Um dos mandamentos menos observados pelos filhos de Deus é o de não permitir que a ansiedade sobre coisa alguma penetre em nosso coração.


Muitos são crentes panela de pressão, isto é, à medida que as circunstâncias se tornam cada vez mais quentes, a pressão aumenta.


Você já observou o efeito da excessiva pressão de vapor numa panela que acabou de explodir?


Descontentamentos se externam através de reclamações e queixumes. Mas, reprimido no coração, poderá levar a uma explosão com conseqüências incalculáveis.


Todas as circunstâncias que surgem na vida, especialmente as que estão fora do nosso controle, são as melhores para mim.


3) Ela Demonstra o Poder e o Mistério da Paz de Deus (v.7)


O mistério da paz de Deus não ocorre somente nos bons momentos, mas muito mais nos delicados, difíceis e nas adversidades da vida.


Essa promessa, porém, não foi oferecida para todos os cristãos! Porque se assim o fosse, não iríamos encontrar crentes preocupados com o tempo presente e também temerosos quanto ao seu próprio futuro.


Frourh, sei, futuro do indicativo de froure, w, guardar (1-4). A palavra é um termo militar representando os soldados em guarda, e refere-se à vigilância de uma cidade, do lado de dentro dos portões, como um posto de controle de quem entra e sai da cidade. Literalmente sugere uma proteção interna. Veja o exemplo em 2Co 11.32. A palavra significa proteção interna potente ou invulnerável aos ataques externos.


Com a oração eficaz colocamos sentinelas às entradas da mente e do coração para impedir a penetração de pensamentos oriundos do tentador. Satanás deseja ardentemente expulsar a paz de Deus do íntimo do cristão, sabendo que desse modo estará pondo em dúvida a própria fé dos salvos. Tornem seus pedidos conhecidos, daí, a paz de Deus irá guardar os seus corações.


O segundo aspecto da paz que Cristo nos proporciona que devemos ter em mente é...


II. O DEUS DA PAZ (v.8-9)


A paz de Deus é o resultado natural somente daquele que tem o Deus que pode dar exata paz, somente daquele que tem o Deus da paz em seu coração e em sua vida.


Esse mesmo Deus que nos concede a paz, dará a paz mediante a santificação de nossos pensamentos e através da pratica dos ensinos que o apóstolo ministrou àquele povo.


É impressionante a maneira pela qual o apóstolo estava em paz mediante as circunstâncias que o cercavam. Um coração em paz em circunstâncias adversas é a coisa mais misteriosa para muitas pessoas. Mas quando se descobre o segredo de Quem concede essa paz, Deus aperfeiçoa essa paz para aquele que descobriu.


1) Produz a Santificação no Pensamento (v.8)


Devemos montar uma guarda em nossos pensamentos, nos esforçando para receber somente aqueles pensamentos que são permitidos por Deus, e também devemos guardar os nossos corações.


O homem porém, determina por si mesmo, o que irá pensar. Cabe a nós, pensarmos e convidarmos aos nossos pensamentos cada uma das qualidades e objetivos propostos.


2) Traz a Prática na Vida (v.9)


Cada uma dessas virtudes apresentadas acima, torna-se necessárias colocá-las em prática. Devemos fazer o possível para sermos exemplos nesse ponto, assim como o foi o apóstolo Paulo.


CONCLUSÃO


O Senhor Jesus Cristo é a Nossa Paz. Sem Ele não teríamos como obter a paz de Deus. Devemos compreender que Cristo responde as nossas petições, por ser o Deus da Paz, que guarda os nossos corações.


Pense nesta ilustração para concluir:


Depende das Mãos


Uma bola de basquete em minhas mãos vale uns R$ 35,00,
Uma bola de basquete nas mãos do Oscar vale uns R$ 70,00.
Depende das mãos que a seguram.


Uma bola de vôlei em minhas mãos vale uns R$ 25,00,
Uma bola de vôlei nas mãos do Tande vale uns R$ 50,00.
Depende das mãos que a seguram.


Uma raquete de tênis em minhas mãos não tem uso algum,
Uma raquete de tênis nas mãos do Guga o tornou o número 1 do mundo.
Depende das mãos que a seguram.


Uma vara em minhas mãos vai manter animais afastados de mim,
Uma vara nas mãos de Moisés abriu o Mar Vermelho.
Depende das mãos que a seguram.


Um estilingue em minhas mãos é um brinquedo,
Um estilingue nas mãos de Davi se tornou uma arma poderosa.
Depende das mãos que o seguram.


Dois peixes e cinco pães e em minhas mãos se tornarão alguns sanduíches,
Dois peixes e cinco pães nas mãos de Deus podem alimentar multidões.
Depende das mãos que o seguram.


Pregos em minhas mãos podem significar a construção de uma casa,
Pregos nas mãos de Jesus significam a salvação do mundo inteiro.
Depende das mãos...


Como você pode concluir agora, que tudo depende das mãos...


Então, coloque suas preocupações, interesses, temores, anseios, sonhos, sua família, e seus relacionamentos nas mãos de Deus.


Pois tudo depende das mãos que os têm.


Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails