11 de novembro de 2010

A Prestabilidade do Imprestável




por Alexandre Pitante

Eu sei que parece estranho o título da postagem. Mas é isso mesmo que vamos tratar nesta matéria: sobre o valor de algo que aparentemente não tem valor, ou seja, a prestabilidade do imprestável.

Quem já não ouviu falar do famigerado “complexo de inferioridade” ou até mesmo da famosa “depressão”? Que tem assolado vidas por todas as partes do mundo, e até mesmo na igreja evangélica. Quantos crentes com complexo de inferioridade vivem hoje dentro das igrejas, isso quando este complexo não gera algo mais sério: A Depressão.

Tenho visto centenas de pessoas vivendo essa vida de inferioridade dentro da igreja evangélica, como se elas fossem um nada e não tivessem nenhuma utilidade para a igreja de Cristo. Mas o grande causador deste problema somos nós mesmos que inventamos que só são alguma coisa na igreja os que preguam, louvam, tocam, enfim... os que estão em evidencia. Cristo não ensinou isso! Paulo disse: que a igreja (invisível) é um corpo e Cristo é a cabeça deste corpo, sendo assim, todos os membros deste corpo, mesmo sendo os menores e menos lembrados são importantes para o desenvolvimento da igreja de Cristo na terra.

A igreja do Senhor é um grande organismo vivo. Em que neste organismo cada membro da igreja é peça fundamental desta engrenagem que não funciona sem você que chora pelos cantos tentando descobrir o teu chamado e qual a tua função na igreja.

“Quando abrimos um relógio de pulso, na tampinha traseira, você vê uma engrenagem pequena que só funciona porque todas as engrenagens estão interligadas, mas se você tirar somente uma do lugar de origem o relógio com certeza vai parar de funcionar. Você não é um imprestável para o Senhor na Sua Igreja, mesmo que você não pregue, não cante ou até mesmo não toque nenhum instrumento, mas você faz parte desta grande engrenagem que funciona com todos os membros interligados chamada IGREJA DO SENHOR (invisível) triunfante.”

“Quando estava escrevendo esta matéria me lembrei de uma bateria, sim, de uma bateria musical. Temos o costume de elogiarmos somente o que é mais exposto e mais visto, ex: na bateria vemos os pratos, a caixinha de repique, o bumbo ou surdo, mas as pedaleiras ninguém repara, porém se tirarmos a pedaleira o bumbo não terá mais som nenhum, pois o bumbo que é a maior parte da bateria só sai som nele porque uma pequena parte da bateria que ninguém vê esta trabalhando no anonimato para que o bumbo leve a fama. Ou seja, temos que valorizar muito mais as pequenas coisas (Zc 4.10).”

“Deus é especialista em pessoas que não deu certo.”

"Ele ergue do pó o desvalido e do monturo, o necessitado, para se assentar ao lado dos príncipes, sim, com os príncipes do seu povo." (Sl 113.7,8)

Perdoe-me a expressão que utilizarei. Mas Deus é o maior catador de lixo da historia e o maior reciclador de Vidas que conheço. Pois Ele, o Senhor Jesus, cata o lixo do monturo e o transforma pelo poder de sua Palavra, em um LUXO para a sua Glória.

Este versículo do salmo 113 que Davi escreveu expressa muito bem o que Deus fez com ele (Davi).

A palavra desvalido pelo salmista utilizada quer dizer desgraçado, pobre, aquele que não vale nada, ou seja, um imprestável. O salmista esta dizendo que Deus levanta este desvalido, e que Ele o Senhor o ergue, dá um banho da sua "graça", e o que era lixo lá no mundo virou um luxo nas mãos do Senhor. Ele o salmista continua dizendo que este desgraçado vai se assentar com os príncipes, neste momento alguém poderia ter perguntado mas este desvalido, desgraçado, pobre, não tem outro melhor pra colocar no lugar dele não? Mas o salmista responde sim, é ele que vai se assentar entre os príncipes. (Sl 113.8b)

Eu poderia falar de vários personagens bíblicos que marcaram época e que aparentemente foram rejeitados pelo homem, porque este (homem) achavam que os desvalidos eram pessoas imprestáveis. Como por exemplo o Ap. Paulo que a priori foi rejeitado por Ananias que em At 9.13 que disse ao Senhor que Paulo na epoca Saulo não merecia a Graça de Deus devido tamanha atrocidades que tinha feito contra os crentes. Mas disse o Senhor a Ananias:

“Vai, porque este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de Israel.” (At 9.15)

Em outras palavras Deus estava dizendo a Ananias: “Pode não prestar para você Ananias, mas para Mim tem muita utilidade, ele presta sim.”

Poderia falar de Amós o profeta boiadeiro e cultivador de sicômoros, que ele mesmo chega a dizer que não tinha nenhuma condição para ser profeta, porque não estudou na escola de profeta e nem era filho de profeta, porém o senhor o escolheu pois viu nele uma prestabilidade para a Sua obra. (Am 7.14,15)

Eu começo a meditar, e tento visualizar o dia em que Cristo escolheu os doze apóstolos. Quando estavam reunidos uma grande multidão, todos aqueles discípulos que acompanharam Jesus até o exato momento. Cristo põe todos os candidatos a sua frente e começa a chamar: “Simão, por sobrenome Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu; Simão, o Zelote, e Judas Iscariotes.” (Mt 10.2-4)

E os que estavam também ali com o desejo de serem chamados e murmuravam entre si dizendo: mas Pedro, ele não tem condição de ser apostolo ele é intempestivo, não controla suas emoções, Mateus este publicano ladrão, ele também não presta pra função e assim ia a murmuração falando de todos os escolhidos por Jesus.

E Jesus conhecendo os corações e sabendo das murmurações, aponta o dedo para os doze escolhidos e diz: “Estes foram os que para vocês não teriam condições de serem apóstolos e que não prestam para tal função, mas em verdade, em verdade voz digo que estes tem prestabilidade no meu reino.” 

“pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes; e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são; a fim de que ninguém se vanglorie na presença de Deus.” (1Co 1.27-29)

Voltando ao Salmista Davi que no Salmo 113 disse que Deus ergue o desvalido e o coloca para se assentar entre os príncipes.

Vamos visualizar o dia da consagração do mesmo em Belém na casa de Jessé seu pai. Samuel escolhido por Deus vai até Belém para ungir um jovem sobre todo o Israel, logo que vê o filho mais velho de Jessé, Eliabe, pensa ser este o rei escolhido por Deus, porém o Senhor o repreendeu dizendo: que o homem via o exterior e o Senhor contemplava o interior do coração. E passa por Samuel todos os filhos de Jessé. Então o profeta faz a tão famigerada pergunta:
Acabaram-se os mancebos? E o velho Jessé responde: Não! Tem o mais novo que esta no campo pastoreando ovelhas, e mandam chamá-lo. Quando Davi chega ofegante pois veio correndo, o Senhor disse a Samuel: é este o rei a quem escolhi para Israel, naquele momento eu penso que até Samuel deu uma olhada de desconfiança para o rapaz. Samuel coloca o rapaz na posição para consagrá-lo e deita o azeita sobre sua cabeça, ungindo assim rei sobre Israel.

Mas eu fica a imaginar a reação dos irmãos de Davi dizendo uns aos outros. Mas ele Rei? Nem pegar uma espada ele consegue, quanto mais maneja-la! Olha ele, nem aparência de Rei ele tem, ele é ruivo, sem contar que ele é pequeno, muito baixo para um Rei, e outra, nem idade para servir ao exercito do Rei Saul ele tem, por isso a única coisa que resta a ele é pastorear ovelhas.

“Então, mandou chamá-lo e fê-lo entrar. Era ele ruivo, de belos olhos e boa aparência. Disse o SENHOR: Levanta-te e unge-o, pois este é ele. Tomou Samuel o chifre do azeite e o ungiu no meio de seus irmãos; e, daquele dia em diante, o Espírito do SENHOR se apossou de Davi. Então, Samuel se levantou e foi para Ramá.” (1Sm 12.12,13)

Lembre-se você pode ser um imprestável para a sua família, seu cônjuge, no trabalho, para o teu pastor, teus irmãos em Cristo, mas para o Senhor você tem um prestabilidade na sua Obra e sua Igreja Invisível.

***
Alexandre Pitante

5 comentários:

  1. Ola Querido A Paz Do Senhor,
    Relamente ja havia pensado nas coisas como o irmão colocou, mas o irmão expressou maravilhosamente em palavras, inspirados por Deus. Deus é a engrenagem principal do nosso relógio, e nós somente peças secundárias hehe... Deus te abençoe em Cristo varão estarei te seguindo por aqui, tiver um tempo passa no meu blog para deixar uns coments...
    Dc Junior AD Campinas

    ResponderExcluir
  2. Através de coisas humildes deste mundo, Deus aniquila as coisas estimadas desta presente era.

    "Porque vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados" (1 Co 1.26)

    ResponderExcluir
  3. Voltarei para comentar, pois sinceramente fiquei emocionada e sem palavras.
    Glória a Deus porque a igreja do Senhor esta acordando.
    Fica na Paz.
    Que o Senhor continue a inspirá-lo.
    http://sheilapassuello.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Caro Alexandre Pitante,

    A Paz do Senhor!

    Só mesmo Deus por tornar isso realidade: o imprestável se tornar prestável.
    Parabéns pelo excelente artigo.

    Um grande abraço!
    Seu conservo, n'Ele,
    Pr. Carlos Roberto

    ResponderExcluir
  5. Excelente sua postagem, Deus usar as coisas que não são para confundi as que são. Deus se manifesta atraves de nós não porque somos alguma coisa, mas porque Ele pode nos capacitar, o mortal sendo cheio do imortal, o limitado sendo usado pelo Ilimitador.
    Que Deus continue lhe abençoando e isnpirando.
    www.c-mascarenhas.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails