10 de junho de 2010

Imagem de Jesus no ventre materno causa polêmica. Veja


Igreja protestante está em campanha para promover o Natal que pode gerar debates sobre o aborto.


As Igrejas protestantes estão fazendo uma campanha para promover o Natal, através de uma imagem de uma ecografia de Jesus no ventre materno, coroado com uma auréola, noticia o ‘Daily Mail’. 

A imagem, onde se lê ‘Ele está a caminho’, está gerando polêmica, pois alguns grupos acreditam que pode mergulhar a Igreja num intenso debate contra o aborto.

‘É o tipo de imagem usado pelos ativistas anti-aborto e espero que a Igreja da Inglaterra não esteja tentando usar o pôster de campanha de Natal para marcar uma posição política’, afirmou Terry Sanderson, da Sociedade Nacional Secular. 

No entanto, o diretor da ‘Sociedade Protetora das Crianças Não Nascidas’, manifestou desejos que a imagem funcione como uma mensagem contra o aborto. 

‘Esta imagem envia uma mensagem poderosa a toda a gente na Grã-Bretanha, onde 570 bebês são mortos todos os dias no ventre materno, sob a lei do aborto. Cada vez que matamos uma criança num aborto, estamos matando Jesus’, defendeu. 

Aborto mata 250 mulheres por ano no Brasil

Há uma realidade mortal escondida por trás dos abortos no País. De acordo com estimativas do Ministério da Saúde, entre 729 mil e 1,25 milhão de mulheres se submetem ao procedimento anualmente no Brasil. Destas, pelo menos 250 morrem, consideram organizações.

Se a análise for feita em escala mundial, o obstetra da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Osmar Ribeiro Colas explica que são cerca de 500 mortes diárias por causa de abortos. “Quando cai um avião ficamos chocados, mas há dois Boiengs de mulheres caindo por dia e ninguém fala nada”, lamenta.

E, quando não morrem, por vezes essas mulheres acabam com sequelas irreversíveis. “Algumas colocam produto químico ou objeto metálico no útero para abortar. A chance de infecção e perfuração é muito grande, 1/3 de quem tenta abortar acaba procurando ajuda no hospital”, afirma Morais Filho.

Fonte: O Galileo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails