9 de agosto de 2010

Aos Críticos de Plantão - Parte 2



por Alexandre Pitante

Meses atrás postei aqui neste blog “Aos Críticos de Plantão” que é até hoje a minha matéria mais comentada, uns a favor, outros contra e alguns em cima do muro.

Alguns dos que se posicionaram contra o meu ponto de vista não entenderam a fundo o que de fato eu quis expor, acho que não fui tão claro ao expor minhas idéias e por esta razão estou postando a segunda parte daquela postagem.

Tenho visto vários blogs que de fato estão contribuindo para o crescimento do reino de Deus com matérias denunciando “doutrinas antí-bíblicas” de forma muito congruente e elucidativa.

Por outro lado, existe o grupo dos descompromissados, àqueles que vivem de “oba-oba” e da desgraça alheia. Blogs sem compromisso com a verdadeira apologética cristã, que fazem chacotas com nome de pessoas, expõem o ser humano ao ridículo e coisas semelhantes. E você acha que isso é apologética? Claro que não! Fazer apologética é muito mais que dar apelido às pessoas.

Você deve estar se perguntando: Afinal, o que é apologética cristã?

Para responder esta pergunta precisamos tomar por base (1 Pedro 3.15-16) onde lemos: "...estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a todo aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vós. Tende uma boa consciência, para que, naquilo que falam mal de vós, como de malfeitores, fiquem confundidos os que blasfemam do vosso bom procedimento em Cristo".
A partir deste versículo, podemos deduzir que o papel da apologética que é procurar servir a Deus e a igreja, ajudando os crentes a cumprirem o mandamento exigido nesta passagem, que pede a todos que saibam como "responder" quais são as razões da sua fé. É bom observar que a palavra responder, usada por Pedro no versículo 15, é uma tradução da palavra grega "apologian" — apologia. 

Posto isto, quero colocar algumas diferenças entre um crítico e um apologista.

*O apologista é um verdadeiro defensor do evangelho e não se preocupa com seus interesses.
*O crítico defende sempre os seus interesses e de vez em quando fala do evangelho.

*O apologista "expõe" suas idéias respeitando as outras.
*O crítico "impõe" suas idéias rejeitando as outras. 


*O apologista esta preocupado em denunciar doutrinas antí-bíblicas, se necessário for denunciar o nome de quem as propaga o faz com muito respeito ao individuo. Afinal, Mt 7.12.
*O crítico aproveita da propagação de uma doutrina errada para fazer chacota com o nome das pessoas sem respeitar ao ser humano.

*O apologista tem conhecimento bíblico daquilo que defende e sempre se pocisiona a respeito de algo, nunca está em cima do muro.
*O crítico é um verdadeiro papagaio, só fala o que ouve, não tem voz própria, e na maioria das vezes se questionado sobre o assunto abordado fica em cima do muro, pois não tem argumentação própria.

*O apologista é educado, coerente, correto em suas palavras, não faz piadas, até porque quem faz é humorista e não um apologista que é homem de Deus.
*O crítico às vezes é mal educado, incongruente, e vive fazendo piadas com o nome alheio, ou seja, um verdadeiro humorista.

*O apologista quando questionado sobre seus pocisionamentos cumpre o que Pedro nos ensinou; está sempre pronto para responder com “Mansidão” a qualquer um que perguntar a razão da sua esperança.
*O crítico quando apertado em relação aos assuntos criticados por ele, na maioria das vezes explode de ira e fica irritado sem argumentação.

*O apologista têm dois grandes interesses na defesa da fé, são elas: que almas se rendam aos pés de Jesus e a igreja (invisível) seja fortalecida na fé.
*O crítico também têm dois grandes interesses porém diferentes, que são: ter o maior número de pessoas aos seu pés e seu ego seja fortalecido.

Poderia aqui citar varias diferenças entre eles, mas acho ser suficientes essas acima citadas.

Eu louvo à Deus pela vida de alguns apologistas que são genuínos, como: Pr. Carlos Roberto, Pr. Ciro Sanches, Pr. Newton Carpintero, Pr. Flávio Constantino, Sandro Moraes, Pb. Fábio Scofield, Pr. Altair Germano, Pr. Geremias do Couto, Pr. Marcello Oliveira, e existem vários outros que poderia aqui citar porém são estes que vem a minha mente neste momento.

Como também existem muitos críticos, mas prefiro ficar só com o que edifica e citar somente os apologistas da fé cristã.

Lembre-se, quer fazer apologia denunciando as doutrinas erradas que vão contra os padrões bíblicos, faça mas respeite as pessoas. 

***
Alexandre Pitante no Avivamento pela Palavra

8 comentários:

  1. Olá, Alexandre!
    Concordo plenamente com você, a apologia cristã é resposta verdadeira à todas perguntas inconsequentes dos críticos. Os apologistas edificam através da palavra de Deus e os críticos tentam derrubar. Porém esquecem, os críticos,de que uma casa construída em bases sólidas, jamais será abatida. A palavra de Deus, está fundamentada numa base sólida que é Jesus, portanto, que venham as chuvas torrenciais dos críticos com os seus vendavais, que o apologista estará firme, fundamentado na Palavra de Deus.
    Uma boa tarde a você!

    ResponderExcluir
  2. Prezamado Alexandre,
    A paz do Senhor!

    Somente parabéns, seria pouco para com esse artigo. Considero seu artigo pertinente à blogosfera cristã, que está cada vez mais carregada de plágios e baixarias.

    Dias atrás, elogiei e prestigiei um artigo do Pr Guedes, em que ele abriu espaço para aquele pastor do Orkut se explicar das acusações, que foram plagiadas em vários blogs. A atitude do Pr Guedes foi de uma forma coerente e cristã, ao abrir espaço para o suposto pregador se explicar.
    Infelizmente a blogosfera esta carregada de blogs que somente levam nome de apologistas, mas não passam de escarnecedores.
    Parabéns mais uma vez pelo rico artigo.
    Amplexos em Cristo,
    Luciano Vieira

    ResponderExcluir
  3. Paz, Joel.

    Obrigado pelas palavras. Que Deus continue lhe abençoando.

    Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  4. Caro Luciano Vieira.
    A Paz do Senhor!

    Eu confesso que estou enojado já com muitos blogs que se auto intitulam apologéticos quando na verdade não passam de críticos enrustidos.
    Gostei da palavra que usou escarnecedores.

    Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  5. é isso aí mesmo.
    sem amor, nossas palavras são como o sino chato na orelha do outro.

    apologeta ama o outro acima de si mesmo. critica e entende que o nosso inimigo é princip e postest.

    benção, benção. achei q eu era a única louca q pensava assim.

    Deus abençoe mto.

    ResponderExcluir
  6. Paz, Tiffany. (uma tal de ti)
    Obrigado pelo comentário.

    É, acabou de encontrar outro louco que pensa igual você.

    Porém lembre-se os "Loucos de hoje serão a história de amanhã".

    Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  7. VOCÊ JÁ CONHECE O P.R DEUSDETH? NÃO?

    ELE ESTÁ DE FÉRIAS EM CANCUN E NOS ENVIOU ALGUMAS FOTOS COM SEUS "AMIGUINHOS"...

    VEJA COMO ESSE GRANDE HOMEM É BEM RELACIONADO:

    http://diariodoppastor.blogspot.com/2010/07/amigos.html

    ResponderExcluir
  8. amado tenho a satisfação enorme de estar neste blog , dando honra a quem honra, tenho certeza que Deus abençoará grandemente, aqueles que aqui se servirem com estas postagens abençoadas.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails