20 de agosto de 2010

Teologia da garrafa de Tubaina “fake”


peguei esta imagem da internet, não tirei foto da garrafa que comprei por que minha câmera está quebrada



por Alexandre Pitante

Dia desses comprei tres garrafas de tubaina que me fizeram pensar. O rótulo indicava tubaina (funada), mas na garrafa vinha escrito no próprio vidro “cerveja”, uma marca emblemada que não saia, e se tentasse tirar quebraria a garrafa.

Àquelas garrafas já tinham sido usadas por uma cervejaria com seu produto e depois recolhidas, e agora usadas por uma empresa de refrigerantes. Isso era um problema para a empresa de refrigerante por não poder tirar esta palavra ou usava a garrafa novamente do mesmo jeito, e foi o que fizeram.

Você deve estar se perguntando: “Mas qual o problema nisso”? Levando em consideração que o líquido era mesmo refrigerante, nenhum!  Mas vou lhe dizer o que me fez pensar. Afinal crer também é pensar!

Quantos são como essas garrafas, outrora pertenciam a uma cervejaria, foram marcadas em seu corpo com a palavra cerveja e agora estão em uma igreja evangélica colocou em seu estereótipo o rótulo do refrigerante. Não entendeu, né? Vou lhe explicar melhor.

As garrafas são as pessoas, a cervejaria que outrora usou a garrafa é o sistema pecaminoso do mundo, a marca cerveja escrita no vidro da garrafa são as marcas que o mundo deixa na vida das pessoas sem cristo, e o rótulo é a capa que colocamos por volta das marcas e costumes mundanos.  

Só observei a marca “cerveja” no vidro por que peguei a garrafa na mão e olhei acuradamente. De longe não tinha como ver.

Agora, que estamos cheios dessas garrafas em nossas igrejas, estamos! E isso é inegável. Pessoas que não foram regenerados, ainda carregam em sua vida os costumes mundanos, e para “mascarar” seus hábitos pecaminosos colocam o rótulo de “crente”, “cristão”, “evangélico” e etc. Vemos até pregadores “mundanos” e colocam o rótulo de “conferencista internacional”, são garrafas marcadas com os costumes mundanos e rotulados pra enganarem o povo de Deus.

Porém, da mesma maneira que eu só observei a marca quando peguei a garrafa na mão, temos que fazer com essas pessoas, pois se ficarmos só olhando de longe e medindo a espiritualidade desse povo pelo jeito que impõem sua voz no púlpito, pelo glória a Deus que dão na igreja ou pela mensagem empolgante que pregam, seremos sempre enganados. Temos que analisar a vida deles (pegando a garrafa na mão) analisando os detalhes, aí veremos se existem marcas do mundo ou não.

Paulo não disse que carregava marcas do mundo (cerveja) na sua vida, pelo contrario, disse:

“Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus”. (Gl 6.17)

Jesus também nos orientou sobre homens rotulados de algo que não são, dizendo:

“Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores”. (Mt 7.15)

Então amado, esteja atento para não ser enganado observando as garrafas. E como Paulo, carregue marcas sim, mas as marcas de Jesus em sua vida, as marcas do fruto do Espírito Santo. E não seja um cristão rotulado de crente, pois o rótulo sai. Afinal a garrafa de tubaina que comprei foi usada duas vezes por rótulos diferentes. O cristo não pode ser rotulado e sim marcado, não com as marcas do mundo mas com as de Jesus em sua vida. 

***
Alexandre Pitante crendo na regeneração do evangelho de cristo que arranca toda e qualquer marca do mundo na vida daquele que se chega aos pés de Jesus 

4 comentários:

  1. Passando para prestigiar as abençoadas postagens, te convido para visitar a minha Web Rádio, que há 3 anos vem tocando 24 hs louvores avivados e mensagens edificantes...
    acesse o nosso blog e confira nossa programação:
    http://www.radiopentecostal.blogspot.com
    Aceito Parceria = Troca de Banner.

    ResponderExcluir
  2. Pode sim... 100% liberado para qualquer conteúdo"

    ResponderExcluir
  3. Caro Anônimo, Paz.

    Quer ver seus comentários publicados, identifique-se. O anonimato é crime.

    E quanto a seu comentário, será que você não é uma garrafa destas; ingressou no evangelho e carrega ainda as marcas do mundo que só Jesus pode arrancar. Leia o texto com atenção. Você não entendeu o quis expor e se o texto não foi pra você elucidativo me desculpe.

    Estarei orando por você.

    Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  4. Podemos ter as marcas mas o conteúdo que está dentro de nós é que faz matar a sede do povo sedento....Robson

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails