9 de dezembro de 2010

Os Três Poderes que sustentam a Igreja


Texto: Atos 4.31

Introdução

A República Federativa do Brasil é governada por três poderes: o Executivo (que executa as leis) representado pelo Presidente da República, o Legislativo (que cria as leis) representado pelos deputados e senadores, e o Judiciário (que julga conforme as leis) representado pelos juízes e magistrados. São estes três poderes que sustentam a nação brasileira.

A Igreja de Jesus Cristo também é sustentada por três poderes que são encontrados no versículo supracitado.

1. O Poder da oração

- Diante das ameaças que sofriam por parte daqueles que crucificaram Jesus, os discípulos que constituíam a Igreja não fugiram, não revidaram, não contrataram um advogado para defender seus direitos, não murmuraram, não adaptaram o Evangelho ao sistema, mas sim, oraram ao Senhor.
- Quando a Igreja orou, o lugar onde estavam assentados tremeu. A oração produz manifestações sobrenaturais. (At 12.5; 16.19 ss).
- A Igreja orou especificamente com fé e em nome de Jesus (At 4.27-30).

2. O Poder do Espírito Santo

O poder do Espírito Santo:

- Renova as forças físicas e espirituais – se não fosse Ele a Igreja não teria subsistido.
- Consola nas aflições e com sua presença divina concede coragem e ousadia;
- Santifica a Igreja vivificando a Palavra na mente e coração – a Palavra surte efeito através do Espírito Santo.
- Guia na verdade; (Jo 16.13)
- Capacita para pregar o Evangelho; (At 1.8)

3. O Poder da Palavra

Através da Palavra de Deus:

- Somos alimentados (Sl 104.15)
- A Igreja é purificada, (Jo 15.3)
- A Igreja tem seu caminho iluminado, (Sl. 119.105)
- A Igreja é preparada e fortalecida para enfrentar o mundo e combater o inimigo, (Ef. 6.17)

Conclusão

Para a Igreja ser vitoriosa, ela precisa estar firmada nesses três poderes. Sem eles, a Igreja está fadada ao fracasso e o crente como indivíduo também. Se você quiser que a Igreja permaneça vitoriosa em conformidade com a vontade de Deus, você precisa acionar esses três poderes.

***

8 comentários:

  1. Concordo com os dois últimos e discordo totalmente do primeiro: O oração não é fim em si mesmo é MEIO DE COMUNICACAO, adoração, louvor, etc, para com DEUS. O poder é de Deus e não da oração. Quando falamos ao telefone e conseguimos resolver um problema, bancário, por exemplo, não foi pelo poder sobrenatural do telefone, ele foi apenas o meio, e quem agiu na outra ponta da linha foi o gerente do banco ou outro funcionário. A oração pode muito EM SEUS EFEITOS, ela produz efeitos porque Deus opera em resposta a ela. Mas o poder dos efeitos é de Deus. E' por essa falsa interpretação que temos hoje as chamadas CAMPANHAS (de oração, jejuns sem fim, etc) fruto de péssima interpretação bíblica que conclui que por muito falarem ou se fizermos um "sacrifício" Deus agirá na mesma hora que entregarmos o tal “sacrifício de tolo”.
    Tem gente que faz parte da “religiosidade” por mais de trinta anos e sempre pula Mateus 6 (todo o capitulo).

    O Espírito Santo dispensa comentários pois é Deus, tem poder em si mesmo.
    A Palavra é de Deus, tem poder em si mesma, por ela os mundos foram formados de matéria não existente, pelo Poder da Palavra o homem é regenerado e transformado em nova criatura.

    As palavras de Jesus continuam ecoando através dos séculos “ERRAIS POR NAO CONHECERDES AS ESCRITURAS E O PODER DE DEUS”.

    ResponderExcluir
  2. Paz do Senhor, irmão Gilson!

    Tens total liberdade de concordar ou não com os tópicos aqui apresentados, porém, quero que o irmão preste bem atenção no titulo desta postagem e no versículo base para ela.

    O versículo base diz que tendo orado moveu-se o lugar onde estavam, isso significa que foi através da oração que isso aconteceu. Concordo contigo que é Deus quem faz através da oração, mas a ORAÇÃO É O OXIGENIO DA IGREJA, quem não ora morre. A igreja primitiva tinha exito na sua vida porque além de pregar a verdadeira palavra, depositava no Espírito Santo a sua confiança e acima de tudo orava.

    Igreja que não ora se definha, esta fadada ao fracasso, e quando falo de igreja estou falando de igreja indíviduo (pessoa), é por isso que usei no título desta postagem a palavra SUSTENTAM, porque a oração sustenta a nossa vida cristã.

    Deixe de orar e verás o que acontecerá com sua vida em todos os aspectos.

    Quanto a sua visão da campanha de oração.

    Oxalá, que todos os cristãos que são uma igreja do Senhor, vivesse em campanha de oração, pois assim não teriam tempo para falar mal da vida alheia, causarem dissenção entre o povo de Deus, levarem maledicência aos auvidos dos irmãos.

    A igreja (pessoa) além do Espirito Santo e da Palavra de Deus, É sustentada pela oração.

    Me perdoe a sinceridade, mas se acreditarmos na sua visão viveremos uma vida manca na Fé, que é forte de um lado e fraca do outro.

    Não disse que a oração é um poder de operação mas sim um PODER DE SUSTENTAÇÃO, e isso fala de base, de fundamento e, fundamento e algo que ninguem vê. Isso fala de vida oculta, ou seja, vida interior.

    Se a nossa vida não for sustentada na oração seremos os mais miseráveis dos homens, que se pauta no intelecto do conhecimento da verdade (na nossa e não na de Deus), e vive uma vida cristã fajuta sem a comunhão com Deus através da oração.

    Lembre-se Sl 12.5

    Nele,

    que nos sustenta através da oração.

    Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  3. A Palavra é A BASE de tudo. Sem a Palavra (Escritura) ou a própria Revelação Pessoal de Deus por sua Palavra (Abraão, por exemplo) não tem como o homem se relacionar com Deus (pela oração e por boas obras, visando o amor ao próximo). O conhecer a Deus se da pela PALAVRA.

    A própria Fé é gerada pela Palavra ao ser ouvida ou lida.

    Não discordo do orar, mas sim do dizer que ela e um PODER DE SUSTENTAÇÃO, me parece claramente uma confusão de CAUSA E EFEITO, OU CAUSA com CONSEQÜÊNCIA. Baseado nessa "interpretação" teríamos por exemplos: "Oração forte, oração poderosa, oração milagrosa, oração que Deus ouve, oração forte"???
    Ou seja, estaríamos atribuindo poder a uma coisa ou objeto, e o nome disso é IDOLATRIA.

    A HONRA, O PODER E A GLÓRIA SÃO DE DEUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido amigo quizera ser eu um IDOLATRA, no que se diz respeito a oração, pois entendo que a oração é como um remédio que faz efeito por suas composições. E o que componhe a oração não é a fé, a palavra e o nome de Jesus? Fassa sua oração sem utilizar estas três coisas, esperimente orar sem fé, sem base na palavra e sem utilizar o nome de Jesus pra ver se Ele responde.
      Concordo com sua visão que o poder não esta na oração mais no Deus da oração, mais também concordo que a oração feita conforme diz a palavra ela tem poder ( vontade permissiva de Deus ) para gerar bênção em nosso favor.
      Deus é quem salva, mais ele medeu o pode de escolher ser salvo ou não, e tudo aquilo que esta no seu domínio, tambem esta no seu poder e esta foi a linguagem que nosso querido pastor utilizou.
      Deusabençoe todos nós em Cristo Jesus.

      Grato.

      Excluir
  4. Sem questionamentos não ha aprendizado.
    As maiores descobertas cientificas no mundo foram conseqüências de questionamentos profundos, se não hoje andaríamos em carroças de madeira com rodas quadradas de pedra.

    ResponderExcluir
  5. Sua visão, e eu à respeito!

    Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  6. Certa feita fui abordado por um jovem "fogo puro" que se dizia profeta, que disse: "Eu priorizo o poder de Deus! Meu negócio é fogo do céu!" Eu insistia em dizer-lhe que, tendo conhecimento bíblico, vivendo a Bíblia, entenderemos a importância da oração, da santidade, do evangelizar, de tantos outros assuntos essenciais à vida cristã... Daí a importância da base do cristianismo...a Bíblia Sagrada.
    Deus abençoe a todos os irmãos.
    Visitem nosso blog
    http://classeluzdomundo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Graça e paz meus amados, estava lendo os comentários, achei importante as colocações, mas a verdade é que a oração é um poder sim que Deus nos confiou, pois a base mais clara é também TG 5:15_ claramente diz que a oração salvará o doente, depois no verso 16 parte b que é bem claro fala: - a oração feita por um justo PODE muito em seus efeitos, se PODE é sinal de poder, e para completar, os versos 17 e 18 falam mais claramente, Elias era homem sujeito as mesmas paixões que nós, orando, pediu que não chovesse, e , por três anos não choveu sobre a terra, 18 - e orou outra vez e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto... É claro isto não faz de nós auto suficientes, mas a bíblia fala de JUSTO, com clareza alguém temente a Deus!!! Paz de Cristo!!!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails